• STRATEGY BLOG
  • Site
  • Facebook
  • Linkedin
  • Google Plus
  • Youtube
  • Slideshare
  • Google Maps
  • Email

As Vantagens do e-Learning na Capacitação dos seus Colaboradores


Vivemos uma situação no mercado de trabalho na qual encontramos muitos profissionais em busca de emprego enquanto as empresas reclamam da falta de pessoas qualificadas, fato que se intensificou em 2015, com a grave crise econômica que enfrentamos até os dias de hoje. 

Isso nos mostra que já passou da hora das empresas compreenderem o seu papel na formação dos seus colaboradores. Independente da formação que um profissional tem quando ingressa em uma empresa, a contratante precisa trabalhar e desenvolver suas competências, de acordo com a realidade do seu negócio. Só assim é possível esperar melhor rendimento e melhores resultados.

                                                  

Quando a empresa decide capacitar o seu pessoal, ela não ganha apenas colaboradores qualificados; ganha também maior fidelidade e satisfação desses colaboradores. Ao investir na mão de obra interna, a empresa mostra que acredita nestas pessoas e investe em sua qualificação ao invés de buscar profissionais de fora. 

É bem verdade que treinar requer investimentos, mas buscar profissionais capacitados no mercado, que ainda não entendem o negócio e a cultura da empresa, exige um investimento muito maior de tempo, e tempo é dinheiro. Além de contar com o Sistema S (SENAI, SENAC, SESI, SESC, etc.), as empresas podem contratar especialistas para ministrar os treinamentos para a sua equipe, de acordo com os seus objetivos e suas estratégias.

Com a internet, o EAD (Ensino a distância) veio para ajudar a viabilizar estes treinamentos e tanto pode ser um excelente parceiro nos treinamentos presenciais como, em alguns casos, pode substituí-los por completo. Ao invés de alugar espaços, deslocar seu pessoal, contratar coffee break, seus colaboradores fazem o curso sem sair da sua sala. Um computador com conexão com a internet e uma plataforma LMS (Learning Management Systems) são o suficiente para levar conhecimento com o mesmo padrão de qualidade para todos os colaboradores da empresa. Não importa se eles estão concentrados no mesmo endereço ou se estão espalhados pelo mundo; todos terão acesso à mesma informação, farão a mesma avaliação e serão certificados. 

Para quem tem uma equipe que não para na empresa, o e-Learning ainda tem a vantagem da portabilidade. Através de um smartphone ou um tablet, o colaborador não deixará de estudar. Com esta plataforma de aprendizado, o gestor concentra todas as etapas de um treinamento num só lugar: disponibiliza os cursos, manuais, normas, cria fóruns para ajudar na troca de conhecimento, realiza as avaliações, certifica quem concluiu com êxito as atividades e ainda tem acesso a quem fez o curso, a quem esteve na plataforma, tendo controle de tudo a que se refere no desenvolvimento do seu pessoal, ajudando no planejamento estratégico da empresa.

Entretanto, se, para um certo conhecimento, atividades presenciais são fundamentais, o EAD pode complementar e otimizar estes encontros, pois, através do LMS, o gestor pode ministrar o curso presencialmente para os seus alunos e realizar as outras atividades online, além de poder enviar e-mails sobre os cursos e confirmar presença de cada colaborador.

Não podemos mais esperar que os profissionais venham prontos para a nossa empresa. Hoje, contamos com ferramentas poderosas e temos conhecimento da realidade que nos rodeia. Só nos resta colocar a mão na massa e assumir nossa responsabilidade, para acompanhar o mercado e crescer mais que os concorrentes. Afinal, é muito melhor investir em alguém que está com você do que em alguém que ainda não o conhece, certo?


 *Por Juliano Magalhães, Diretor Executivo da empresa Líteris - Treinamento Online, referência em EaD e parceira da Strategy em seus Cursos Online - www.literis.com.br.



Clique aqui e conheça o ambiente EaD da Strategy Consulting.







2 comentários:

Jorge Bassalo disse...

Por certo que os cursos EaD são ótimas alternativas de aprendizagem para os profissionais que buscam se reciclar. Proporcionam a flexibilidade que os cursos presenciais não apresentam. Algo a se discutir sobre o texto é que as empresas atualmente investem em treinar os seus funcionários no que é estritamente necessário para o desempenho de sua função. Acontece que o profissional deve buscar uma lateralidade de conhecimentos que o faça mais abrangente, e isso somente é possível através do auto desenvolvimento.

Cláudius Jordão disse...

Em algumas áreas encontramos vagas disponíveis sem que haja profissionais para preenchê-las, mesmo com alto índice de desemprego. Essa contradição ocorre justamente pela falta de qualificação em alguns setores. A solução é que as próprias empresas invistam em capacitação e o EaD se tornou um grande facilitador desse processo.

Postar um comentário